• White Facebook Icon
  • White Vimeo Icon
  • White YouTube Icon

Débora Bessa

Flauta de Bisel

Estudou Conservatório das Caldas da Rainha | Instituto Gregoriano de Lisboa | Universidade de Évora | ESART (Castelo Branco)

BIO 

Nascida em 1990, Débora Bessa fez o seu percurso de estudos em Flauta de Bisel primeiramente no Conservatório das Caldas da Rainha e depois no Instituto Gregoriano de Lisboa. Foi admitida em Flauta de Bisel na Universidade de Évora onde estudou durante um ano, e na Escola Superior de Artes Aplicadas do Instituto Politécnico de Castelo Branco onde
posteriormente completou o mestrado em ensino de música e está a concluir o mestrado em música.
Esteve envolvida como instrumentista em vários projectos desde a música antiga à música contemporânea, contando com colaborações com músicos como António Carrilho, Christopher Bochmann e Zoltan Pauliny, com a Orquestra Metropolitana de Lisboa e o Maestro Nicholas
Kraemer, com o Projecto de Orquestra Barroca da Escola de Artes Aplicadas em Castelo Branco, com os Músicos do Tejo, e com o grupo Ars Eloquentia.
O explorar de novos caminhos no mundo da música levou-a ao estudo da direção orquestral com várias participações em cursos e masterclasses com os Maestros Robert Houlihan, Tiago Oliveira, Adelino Mota, João Fernandes, José Pedro Figueiredo, e Rui Silva; e ao estudo da pedagogia da música na primeira infância nos cursos orientados por Paulo Lameiro na SAMP.
Actualmente lecciona na Escola de Música Luís António Maldonado, em Torres Vedras, no Conservatório das Caldas da Rainha, no Conservatório Regional de Artes do Montijo, e na Escola de Música da Sociedade Filarmónica Ermegeirense, cuja banda filarmónica também dirige desde junho de 2017, para além da Academia de Música de Telheiras.